Interface TikTok: Análise de UI/UX design e usabilidade virais - PM3
Isabele Reusing

Isabele Reusing

9 minutos de leitura

Panorama do Mercado de Produto

“Viralizou! Virou trend!” Mesmo que você não seja um usuário do TikTok, com certeza já ouviu (e provavelmente já falou) essas expressões por aí. Afinal, um fato é indiscutível: o TikTok é um fenômeno, tanto que tem sido mais procurado pelos jovens do que qualquer outra rede social. Inclusive, as gerações mais novas têm substituído o tradicional Google pelo TikTok na hora de fazer suas pesquisas e buscar informações online.

Essas mudanças nos padrões de comportamento evidenciam não apenas o impacto, mas também a eficácia da interface TikTok de cativar e de reter os usuários. Mas você sabe exatamente como esse aplicativo conseguiu transformar totalmente a forma como as pessoas consomem conteúdo nas redes sociais? É o que você vai ver neste artigo!

Vamos explorar a “receita do sucesso”, com todos os princípios de usabilidade (UI) e experiência do usuário (UX) que tornam a interface TikTok tão atrativa e viciante, fazendo com que mais de um bilhão de usuários tenham baixado o aplicativo. Continue a leitura e confira!

Interface do Usuário (UI) do TikTok

Além dos vídeos curtos, que exigem pouca atenção e são a característica principal dessa rede social, outro fator que garante o sucesso do TikTok no mundo todo é a sua usabilidade e a experiência proporcionada ao usuário. 

Cada detalhe da interface do TikTok é pensado e projetado cuidadosamente para tornar a interação com os conteúdos do aplicativo totalmente envolvente. Tudo isso com apenas um objetivo: fazer com que os usuários não queiram fechar o aplicativo e sigam consumindo o conteúdo que aparece em sua tela, com um simples deslizar do dedo.

Interface limpa e intuitiva

A interface do TikTok tem um design simples e intuitivo, o que torna a navegação muito fácil, fazendo com que a plataforma seja acessível para usuários de todas as idades, mesmo que tenham pouca experiência com tecnologia. De forma rápida e assertiva, a plataforma consegue atender ao desejo dos usuários por conteúdos curtos, divertidos e personalizados.

Feed personalizado

Outra característica que fez o TikTok ganhar milhões de adeptos é a alta capacidade que seu algoritmo tem para entregar conteúdos personalizados. Um trabalho que ele faz muito bem é entender as preferências e o padrão de comportamento, baseando-se nos conteúdos que o usuário já visualizou e interagiu. As chamadas recomendações personalizadas são o “molho mágico” do aplicativo, fazendo o feed (ou fy = do inglês “For You“, que significa “para você” em português) se tornar interessante ao ser atualizado continuamente com conteúdos adaptados aos gostos individuais. 

Essa abordagem personalizada impacta diretamente a satisfação dos usuários, afinal, passa a sensação de que os assuntos pelos quais o usuário se interessa estão sempre em alta, o que contribui muito para que ele queira retornar para a plataforma.

Princípios de usabilidade no TikTok

A usabilidade do TikTok é projetada para eliminar a possibilidade de frustração, que faria os usuários abandonarem a ferramenta. Veja os detalhes!

Simplicidade na navegação

A simplicidade é uma das características que melhor descrevem a interface TikTok. Quando observamos a forma como a navegação é feita entre os conteúdos, com um simples deslizar do dedo pela tela em uma direção, notamos que a simplicidade é outro ingrediente importante na receita mágica do aplicativo. 

Deslizar pela tela é fácil e não exige que o usuário precise parar e pensar antes de clicar em um item para que algo aconteça. O caminho para a ação é mais curto. E tudo isso em uma posição confortável para a mão e os dedos do usuário. Isso inclusive possibilita o uso do aplicativo com apenas uma das mãos.

Interação facilitada 

Os botões de interação, com as funções de “seguir”, “curtir”, “compartilhar” e “comentar”, também são posicionados estrategicamente. Localizados em uma área muito acessível na tela, eles facilitam o engajamento dos usuários com os vídeos, mantendo a sua atenção, o que é hoje um dos maiores desafios para qualquer rede social ou aplicativo.

Visualização em tela cheia

Outro diferencial em comparação a outras redes sociais é que os vídeos no TikTok são exibidos sempre em tela cheia. Esse recurso também contribui para maximizar o envolvimento do usuário e proporcionar uma experiência mais imersiva. Assim, eliminam-se possíveis distrações, como notificações de outros aplicativos, e a atenção dos usuários, atraídos por uma experiência visual completa, é mantida por mais tempo.

Experiência do usuário (UX) no TikTok

O TikTok coleta continuamente milhares de dados que geram insights sobre os diversos comportamentos do usuário, entre eles, o tempo que o usuário passou visualizando e interagindo com o conteúdo. 

O algoritmo do TikTok vai aprendendo à medida que você o utiliza, seja curtindo, compartilhando, comentando, seguindo ou rejeitando um conteúdo. Todas essas informações são usadas na personalização, de modo que o conteúdo exibido em sua tela seja relevante para você. Evidentemente, isso aumenta muito as chances de você permanecer no aplicativo por mais tempo.

Conteúdo para todos os públicos

O TikTok oferece uma ampla variedade de conteúdo, desde vídeos engraçados e  educacionais até desafios de dança e tutoriais de beleza. Isso garante que haja algo para todos os gostos e interesses, mantendo os usuários retornando regularmente para descobrir novos vídeos.

Conteúdo infinito

Você certamente já ouviu alguém dizer que passou horas vendo vídeos no TikTok e nem percebeu o tempo passar. É exatamente essa a intenção da plataforma ao combinar as estratégias de usabilidade acima com o conteúdo atrativo e que não parece ter fim. 

Essa sensação, que faz o tempo passar sem que o usuário se dê conta, também é provocada pela “timeline infinita”,  na qual os vídeos são reproduzidos automaticamente um após o outro. O aplicativo dificilmente retorna para um conteúdo que você já viu.

Comparando com os recursos mais famosos do Instagram: nos Stories e no Feed, por exemplo, percebemos que ambos possuem uma limitação no conteúdo mostrado, pois depende do número de contas que você segue. Já no TikTok não existe um “fim”. Isso cria uma experiência contínua e sem interrupções, incentivando os usuários a continuarem assistindo por muito mais tempo.

Ferramentas de edição acessíveis

Não podemos focar na usabilidade da interface do TikTok somente para quem consome conteúdo. Afinal, para que o conteúdo seja “infinito”, é preciso que existam muitos criadores que produzem esses vídeos.

E é claro que o próprio TikTok também pensou nisso. Para facilitar a criação de vídeos por qualquer pessoa, as ferramentas de edição do aplicativo são fáceis de usar e extremamente acessíveis.

Recompensa imediata

A rolagem infinita do feed é a responsável por desencadear a liberação de dopamina – neurotransmissor associado ao prazer e à recompensa – em resposta a um conteúdo novo e envolvente. A cada toque na tela, o TikTok apresenta um vídeo inédito, deixando os usuários curiosos e ansiosos por mais. 

Este ciclo de antecipação, recompensa e curiosidade também leva os usuários a continuarem navegando, totalmente absortos no conteúdo que o TikTok oferece.

Lições para designers e product managers

Uma das principais lições que podemos aprender com o TikTok é a importância de entender o público-alvo e entregar uma solução que atenda às suas necessidades e preferências. No caso do TikTok, isso significa oferecer uma plataforma exclusivamente para o compartilhamento de vídeos curtos, o que se mostrou extremamente eficaz para atrair usuários e mantê-los engajados.

Ao analisar todos os recursos empregados pelo TikTok em sua interface, podemos destacar quatro principais recursos: 

  • Personalização: garantir uma experiência única ao usuário, entregando conteúdo relevante, é essencial para manter os usuários engajados e incentivá-los a retornar regularmente;
  • Simplicidade: na lógica do “menos é mais”, criar uma interface simples de usar é fundamental para atrair os usuários e proporcionar uma experiência positiva;
  • Recompensas: oferecer feedback imediato e recompensar os usuários por seu envolvimento com as publicações contribui com a fidelização e o crescimento do número de seguidores;
  • Conteúdo variado: disponibilizar uma ampla variedade de conteúdo assegura que haja conteúdos para atender às preferências de todos os usuários, aumentando a probabilidade de que encontrem vídeos que os interessem.

Com esses ingredientes, o TikTok tornou-se um verdadeiro fenômeno cultural, e a sua interface é um ótimo exemplo de como a aplicação assertiva dos princípios de design e de usabilidade pode criar uma experiência de usuário envolvente e viciante. 

Lembrando sempre que não é porque uma estratégia deu certo para uma empresa, que necessariamente o mesmo resultado será obtido ao aplicá-la em outro contexto. Estudar o seu público para entregar a solução que melhor o atende é sempre o melhor caminho. 

Agora que você conhece mais da interface TikTok, quer aprender na prática a aplicar esses princípios em seus produtos digitais para melhorar a experiência do usuário, impulsionando o engajamento e a retenção?

O curso de Product Design da PM3 conta com aulas online, exercícios práticos, atividades ao vivo e acesso à maior comunidade de produto do Brasil. Nossos cursos preparam você para os desafios do mercado, aumentando sua capacidade de gerar insights e impactando diretamente no sucesso dos seus projetos. Conheça o Curso de Product Design da PM3 e matricule-se já!