Inteligência Artificial no RH: aplicações e benefícios - Cursos PM3
Jéssica Moraes

Jéssica Moraes

9 minutos de leitura

Panorama do Mercado de Produto

A Inteligência Artificial (IA) no RH tem transformado a forma como as empresas gerenciam seus colaboradores, trazendo benefícios como a automatização de tarefas repetitivas, otimização de processos, análise de dados e tomada de decisões estratégicas. 

Curiosamente, uma pesquisa realizada pela Gartner em 2023 revelou que 72% dos líderes de RH planejam utilizar IA para as operações do dia a dia. Além disso, 64% deles acreditam que o departamento deverá desempenhar um papel fundamental na definição da ética das Inteligências Artificiais nos próximos cinco anos.

Neste artigo, apresentaremos exemplos práticos da aplicação de IA nos Recursos Humanos e os benefícios tangíveis que essa ferramenta traz para as estratégias de treinamento e desenvolvimento. Boa leitura!

5 benefícios da IA para o RH

Sem dúvida, a Inteligência Artificial atua como poderosa aliada para transformar o RH em um setor mais estratégico, inovador e competitivo. A seguir, listamos alguns de seus benefícios tangíveis!

1. Recrutamento e seleção

A Inteligência Artificial no RH pode ser usada durante a etapa de recrutamento e seleção, tornando-a mais ágil. A partir dos algoritmos, é possível avaliar currículos, identificar habilidades que condizem com as atribuições do cargo e ainda realizar triagens automáticas. 

Ela também facilita identificar padrões de sucesso em candidatos e prever o ajuste cultural de um candidato com a companhia.

2. Onboarding e integração de novos colaboradores

Para que os novos colaboradores se sintam mais familiarizados com a equipe, os processos e a empresa, a IA facilita fornecendo materiais de treinamento personalizados e respondendo às dúvidas relevantes

Além disso, ainda garante mais produtividade e integração, acelerando a tradicional curva de aprendizado.

3. Análise de dados e tomada de decisão

Faz parte da rotina do RH lidar com uma quantidade enorme de dados, como informações sobre os colaboradores, registros de desempenho e pacote de benefícios. 

Nesse caso, a IA pode acessar e analisar eficientemente esses dados, colaborando com a tomada de decisões mais estratégicas e embasadas. Além disso, torna possível identificar padrões, prever tendências e adotar medidas proativas para melhorar o ambiente de trabalho e o desempenho dos colaboradores.

4. Gerenciamento de ponto e controle de acesso

A inteligência artificial é aplicada no gerenciamento de ponto e controle de acesso, seja por reconhecimento facial ou de voz, automatizando o registro de entrada e saída dos colaboradores. 

Na prática, é uma excelente escolha, pois reduz erros e fraudes, além de agilizar o processo e facilitar o controle da jornada de trabalho.

5. Suporte ao colaborador

Chatbots e assistentes virtuais respondem a perguntas recorrentes, fornecem orientações sobre políticas internas, benefícios e auxiliam na resolução de problemas. 

Com a inteligência artificial, os colaboradores obtêm respostas imediatas, melhorando a experiência do usuário e reduzindo a carga de trabalho do setor de RH.

Implementando IA em treinamento e desenvolvimento

A IA pode ser implementada no treinamento e no desenvolvimento de equipes e colaboradores de diversas maneiras. Confira alguns exemplos práticos de sua aplicação!

Personalização do aprendizado

A verdade é que cada colaborador possui habilidades, conhecimentos, necessidades e técnicas únicas. Portanto, a Inteligência Artificial no RH não apenas identifica essas particularidades, mas também cria programas de treinamento personalizados

Isso garante que os recursos de aprendizado sejam direcionados para as áreas que necessitam de maior atenção, otimizando tempo e esforços.

Identificação e previsão de lacunas

Por meio da análise de dados, torna-se mais prático mapear quais habilidades estão em alta demanda e quais estão em falta dentro da equipe. 

A partir dessas informações, o profissional de RH poderá planejar programas de treinamento e desenvolvimento mais completos e bem direcionados, garantindo que os colaboradores adquiram as habilidades ou comportamentos necessários para atingir os objetivos organizacionais.

Gerenciamento de desempenho da equipe

Os sistemas de IA permitem que líderes e gestores analisem dados sobre o desempenho individual e coletivo. Na prática, isso contribui para uma avaliação mais precisa e objetiva, revelando pontos fortes e áreas de melhoria

Além disso, facilita o oferecimento de feedback construtivo e direciona treinamentos específicos para melhorar o desempenho da equipe como um todo.

No entanto, é necessário destacar que a IA não substitui a atuação humana no treinamento, desenvolvimento e gerenciamento de desempenho, como explicaremos no próximo tópico.

A IA vai substituir os profissionais de RH?

Com o avanço da tecnologia, é compreensível que muitos profissionais sintam preocupação com a segurança de seus empregos, concorda? No entanto, embora a IA seja uma ferramenta que simplifica rotinas e processos, nada pode substituir a capacidade humana de ser empático e oferecer suporte emocional

Aliás, trata-se de aspectos indispensáveis para motivar, inspirar e, principalmente, manter a equipe engajada. Portanto, o papel humano na gestão de pessoas ainda é fundamental. Por isso, é recomendável continuar investindo em conhecimentos técnicos, especialmente aqueles voltados para as habilidades essenciais dos profissionais de RH.

A PM3 para Empresas oferece cursos de curta duração, por meio da modalidade Sprints, para um desenvolvimento ágil e focado na área de Liderança e Habilidades Humanas. Vale a pena conhecer! 

Passo a passo para aplicar a IA no RH

Agora que conhece os benefícios e sabe como usar a Inteligência Artificial para otimizar o processo de treinamento e desenvolvimento, é importante entender como aplicá-la, levando em consideração as necessidades e os objetivos do RH. 

Por isso, desenvolvemos um passo a passo para ajudar você nessa missão. Acompanhe!

Mapear objetivos e necessidades

Comece mapeando quais são os problemas reais, as dificuldades, as expectativas e as oportunidades que estão sendo enfrentados ou desejados a alcançar.

Vamos supor que o RH deseje reduzir o tempo e os custos gerados durante o recrutamento e seleção de novos candidatos, ou até mesmo aumentar o engajamento dos colaboradores.

A partir dos objetivos e necessidades reconhecidos, tanto do RH quanto da empresa, será possível ter um entendimento mais amplo de como a IA será efetivamente útil.

Pesquisar as melhores soluções e ferramentas de IA do mercado

Agora que você reconhece os objetivos e soluções, é hora de pesquisar e escolher as melhores soluções de IA disponíveis no mercado. 

Certifique-se de analisar avaliações e outras informações relevantes sobre plataformas, sistemas, softwares e dispositivos de IA que atendam às demandas específicas do RH. Leve em consideração a qualidade, funcionalidade, compatibilidade, segurança, custo-benefício e reputação dos fornecedores.

Integração da IA nos processos e sistemas existentes

Após identificar as soluções de IA adequadas, é importante garantir que elas sejam compatíveis com os processos e sistemas já existentes no RH

Essas soluções devem acessar, processar e compartilhar dados dos colaboradores com outros sistemas da empresa, como folha de pagamento, treinamentos, avaliações, entre outros. Portanto, é importante observar a funcionalidade, confiabilidade, eficiência e legalidade das operações.

Capacitar os colaboradores para o uso adequado e ético da IA

Fornecer soluções que os colaboradores não saibam como utilizar seria contraproducente. Portanto, é essencial capacitar e orientar sobre o uso ético e adequado da IA.

Não hesite em oferecer treinamentos, suporte técnico, materiais informativos e orientações sobre como utilizar as soluções e ferramentas de IA de maneira responsável e eficaz. Além disso, os colaboradores devem estar aptos a interpretar os dados e informações com transparência, respeitando os valores humanos e organizacionais.

Monitorar resultados e impactos da IA 

Por último, é essencial avaliar os resultados e impactos causados pela IA, tanto no RH quanto na empresa como um todo. É válido acompanhar, medir e analisar os efeitos que essas soluções podem gerar. 

Elas contribuíram, por exemplo, para alcançar os objetivos e metas estipulados inicialmente? Os colaboradores se adaptaram bem? Houve redução de custos e agilização de processos

É importante colocar tudo na ponta do lápis e identificar áreas que precisam ser melhoradas ou, se já estão satisfatórias, manter o que está funcionando. Na prática, isso significa estar atento e aberto a melhorias contínuas, correção de falhas, adaptação às mudanças, geração de valor e antecipação às tendências.

Desafios e considerações éticas

A implementação da Inteligência Artificial no RH implica desafios que vão desde garantir a privacidade e segurança dos colaboradores, conforme previsto na LGPD, até fornecer treinamento adequado para que os profissionais do RH possam utilizá-la e integrá-la de forma eficiente

Isso é evidenciado por uma pesquisa da Randstad, em que apenas um em cada dez trabalhadores recebeu treinamento específico. Especialmente a Geração Z reconhece a capacitação em IA como diferencial para seu crescimento profissional.

Possível futuro da IA no RH

Embora ninguém possa prever com precisão o futuro, é possível, com base nas tendências da IA, levantar algumas hipóteses. A já citada pesquisa realizada pela Gartner revelou que os líderes de RH acreditam que o departamento desempenhará um papel fundamental na definição da ética da Inteligência Artificial nos próximos cinco anos. 

Sendo assim, a IA é uma ferramenta que veio para ficar e, sem dúvida, continuará evoluindo, sendo capaz de atender e aprimorar demandas e processos, além de gerar economia. Será possível, ainda, continuar automatizando tarefas repetitivas, realizar análises preditivas de tendências e personalizar a experiência dos colaboradores. 

É importante reforçar que o capital humano é essencial, e os profissionais de RH terão mais tempo para se concentrar em atividades estratégicas e de alto valor para a companhia. Diante desse cenário, já que a máquina não vai substituir o ser humano, capacitar-se e manter-se atualizado em sua área de atuação é imprescindível, concorda?
Por isso, a PM3 para empresas oferece três modalidades de cursos que se encaixam às suas necessidades e rotina. Acesse nosso site, converse com um de nossos especialistas e conheça os cursos da PM3 para empresas!