O que é "UX Writing"

Metodologias

Definição e origem do termo

UX Writing é a sigla para User Experience Writing. Como o nome indica, trata-se de uma forma de escrita que aparece na interface de um produto e deve pensar na Experiência do Usuário dentro dessa solução. 

A importância desse elemento cresceu com o aumento do número de produtos, interfaces web e sistemas que dominaram as relações de consumo e a vida das pessoas. 

A UX Writing veio para trazer mais clareza na comunicação com os usuários e ajudá-los a realizar as ações necessárias em uma solução digital, garantindo a fluidez e a qualidade da sua experiência. 

Como usar o termo "UX Writing" na prática

O profissional responsável pela UX Writing é chamado de UX Writer e costuma trabalhar em conjunto com a equipe de produto e UX para alinhar a comunicação dentro das soluções e buscar as mensagens mais adequadas para os objetivos que o time deseja alcançar. 

A UX Writing pode ser aplicado em notificações de aplicativos ou dentro de produtos com o objetivo de trazer clareza e eliminar as ambiguidades da comunicação com o usuário. 

Os textos envolvem desde botões dentro de uma interface web até os nomes das categorias dentro de um menu, mensagens de chatbot e qualquer outro elemento escrito que faça parte da interface de produtos digitais, como sistemas, sites ou aplicativos. 

Além disso, o UX Writer pode ter participação na elaboração de fluxos de trabalho que estejam de acordo com as mensagens criadas para cada etapa.

 

Framework para UX Writing

Algumas diretrizes que devem ser priorizadas no caso da UX Writing são:

  • Realizar testes com diferentes comunicações;
  • Definir métricas para avaliar a performance da escrita;
  • Deixar a comunicação o mais objetiva, clara e sem ambiguidade possível;
  • Desenvolver mensagens relevantes e que realmente ajudem o usuário a entender o que deve ser feito;
  • Pensar como o usuário;
  • Adequar as mensagens escritas ao tom de voz da empresa;
  • Pensar sempre na persona ou no público-alvo que lerá os textos;
  • Evitar palavras em excesso; 
  • Utilizar linguagem simples e de fácil assimilação.

 

Diversos livros nacionais e internacionais trazem as bases da UX Writing e formas de desenvolver esse tipo de escrita com foco no usuário, além de contribuir para a criação de melhores fluxos de trabalho. Algumas referências para você acompanhar são:

  • “Redação Estratégica para UX: Aumente engajamento, conversão e retenção com cada palavra”, de Torrey Podmajersky;
  • “Em busca de boas práticas de UX Writing”, de Bruno Rodrigues;
  • “Microcopy – The Complete Guide”, de Kinneret Yifrah;
  • “Não me faça pensar”, de Steven Krug;
  • “Storytelling no Design de Produto: Definindo, Projetando e Vendendo Produtos Multidispositivos”, de Anna Dahlström.

Conteúdos sobre o tema

Confira alguns materiais para aprender mais sobre UX Writing:

 

 

Você tem vontade de elevar a barra em produto no Brasil?

A PM3, contando com a ajuda da comunidade, está construindo o primeiro Glossário de Produto do Brasil e você pode fazer parte disso!

Ficou com vontade de ajudar também?

Clique aqui e registre sua colaboração. Ah, nós sempre damos os devidos créditos às pessoas. 😉