Android vs iOS: Qual tem a melhor UX/UI? - Cursos PM3
Isabele Reusing

Isabele Reusing

10 minutos de leitura

Panorama do Mercado de Produto

Em um cenário que nos dá a sensação de que o tempo está passando mais rápido e as transformações são cada vez mais frequentes, uma coisa não muda: a batalha entre os sistemas operacionais Android vs iOS segue intensa e molda o panorama digital.

Ambos têm defensores vorazes e oferecem experiências únicas aos seus usuários, impulsionadas por suas características distintas em termos de interface de usuário (UI) e experiência de usuário (UX)

Nesse sentido, desenvolvedores, designers, gerentes de produto e demais profissionais envolvidos na criação de aplicativos precisam conhecer as diretrizes de cada plataforma e entender como  esses elementos irão influenciar nas decisões de desenvolvimento do produto final.

Neste artigo, você verá um comparativo completo e detalhado entre Android vs iOS, mergulhando a fundo nas diferenças, princípios do design, usabilidade e filosofias por trás de cada plataforma.

Plataforma Android vs iOS: diretrizes de design de UI 

Os sistemas iOS e Android seguem diferentes regras e diretrizes de design de interface e desenvolvimento de aplicativos:

  • Android: Material Design (mantido pelo Google): destaca o uso de camadas, sombras e movimento para criar interfaces limpas e intuitivas. 
  • iOS: Diretrizes de Interface Humana (HIG) (mantido pela Apple): enfatiza o uso de elementos familiares, como ícones reconhecíveis e gestos intuitivos, para criar uma experiência coesa e familiar para os usuários.

Ao contrário do que muitos podem pensar, essas diretrizes não possuem o intuito de ditar a estética do seu produto, mas sim de instruir os profissionais envolvidos no desenvolvimento de aplicativos sobre o uso de componentes e a adaptação de UIs para atender aos requisitos e restrições da plataforma.

As diretrizes da plataforma visam criar uma experiência de usuário perfeita entre o dispositivo e aplicativos de terceiros. Sem esses controles, cada aplicativo funcionaria de uma maneira totalmente diferente, forçando os usuários a aprender uma nova interface para cada produto.

Filosofias de design: qual é a diferença entre o design de interface do Android vs iOS? 

Android

O Android, desenvolvido pelo Google, é conhecido por sua abordagem mais aberta e personalizável. A filosofia por trás do design do Android é oferecer liberdade aos usuários e fabricantes de dispositivos para personalizarem suas experiências. Isso se reflete na diversidade de dispositivos Android no mercado, cada um com sua própria interface e conjunto de recursos exclusivos.

iOS

Por outro lado, o iOS, da Apple, é conhecido por sua abordagem mais fechada e consistente. A filosofia de design da Apple é centrada no usuário, com foco na simplicidade, clareza e coesão. O design minimalista e elegante do iOS é uma parte fundamental da identidade da marca Apple.

Integração e consistência: Android vs iOS

O iOS se destaca pela sua integração e consistência entre aplicativos e dispositivos. Os aplicativos iOS são projetados para funcionar perfeitamente em todos os dispositivos da Apple, proporcionando uma experiência fluida e uniforme. Além disso, a Apple controla estritamente o ecossistema do iOS, garantindo alta qualidade e segurança em todos os aplicativos disponíveis na App Store.

Por outro lado, a natureza mais aberta do Android pode levar a uma falta de consistência entre dispositivos e aplicativos. A variedade de fabricantes e modelos de dispositivos Android significa que nem todos os aplicativos são otimizados para cada dispositivo, resultando em experiências inconsistentes para os usuários.

Navegação 

A navegação é uma das características mais decisivas quando comparamos a experiência do usuário iOS vs Android. Isso é indiscutível: a barra de navegação inferior que pode ficar visível em dispositivos Android não existe no iOS.

Nessa barra de navegação, o Android utiliza um botão ‘voltar’ padronizado para facilitar a navegação, ao contrário do iOS que opta pela navegação somente dentro do aplicativo. Essa diferença fundamental influencia diretamente na maneira como os usuários se movimentam dentro do aplicativo.

Além disso, navegação inferior do Android permite aos usuários:

  • Ver todos os aplicativos abertos
  • Voltar para a tela inicial
  • Volte para a tela anterior

No iOS, não há botão voltar para casa ou voltar, mas os usuários podem visualizar todos os aplicativos abertos deslizando de baixo para cima à esquerda.

A barra de navegação superior (barra superior do aplicativo no Android) é semelhante para ambas as plataformas, com um botão ‘voltar’ à esquerda, um título central e outros botões de ação à direita. O iOS geralmente usa botões de texto para as ações da barra de navegação superior quando há apenas uma, como “editar”, enquanto o Android sempre usa ícones.

Navegação primária

Em aplicativos iOS, os principais padrões de navegação no aplicativo costumam seguir o primeiro plano e o menu sanduíche usado especificamente para armazenar funções usadas ocasionalmente. 


Ao comparar o design da interface do Android vs iOS, você verá que a navegação principal pode estar no menu sanduíche ou espalhada por toda a interface na forma de barra de pesquisa, botões de ação flutuantes, entre outros.

Navegação secundária

Uma gaveta de navegação é um menu que abre da esquerda para a direita quando o ícone do menu sanduíche é pressionado. Todas as guias são colocadas logo abaixo do título da tela, permitindo ao usuário alternar entre visualizações, conjuntos de dados e aspectos funcionais de um aplicativo.

As Diretrizes de Interface Humana da Apple afirmam que não há controle de navegação padrão semelhante ao menu de navegação da gaveta. Em vez disso, você encontrará a navegação global em uma barra de guias em todos os aplicativos iOS, que fica na parte inferior da tela do aplicativo, proporcionando a capacidade de alternar rapidamente entre as seções principais de um aplicativo. Você encontrará as navegações secundárias na guia ‘mais’.

Navegação traseira

Existem quatro maneiras de empregar a ação “voltar” em aplicativos iOS:

  1. Deslizar da esquerda para a direita em aplicativos para ir para a tela anterior.
  2. Simplesmente pressionando “voltar” como uma ação.
  3. Pressionando a opção “Concluído” para visualizações modais sem edição 
  4. Deslizar para baixo na tela para visualizações modais e em tela cheia.

Em alguns casos, a ação semelhante a voltar é fornecida no design do aplicativo Android , por meio do qual você acessa a guia anterior. No entanto, a maneira mais comum e fácil é usar o botão ‘voltar’ do Material Design na barra de navegação (que passou a ser opcional a partir do Android 10).

Diferenças de design e usabilidade: Android vs iOS

Os usuários do sistema iOS geralmente tendem a valorizar a integração e a estética perfeitas. Enquanto os usuários do Android priorizam a personalização e o controle. Essa diferença tem um grande impacto na forma como os aplicativos são projetados e como os usuários interagem com eles.

Design dos ícones

Os ícones presentes no iOS costumam ser mais elaborados e realistas, enquanto no Android são favorecidos os designs mais simples e abstratos.

Tipografia

No iOS, percebe-se uma tendência à consistência tipográfica, ao passo que o Android oferece maior diversidade e flexibilidade para a personalização das fontes.

Fontes do sistema

iOS: São Francisco

Android: Roboto

iOS e Android usam diferentes fontes do sistema san serif. No entanto, o estilo e o peso são muito semelhantes. O iOS também fornece a fonte New York como uma opção serifada.

Os desenvolvedores não precisam, necessariamente, usar as mesmas fontes do sistema, mas muitos o fazem para imitar a experiência do usuário da plataforma e otimizar o desempenho (gerando menos arquivos e solicitações).

Além das fontes do sistema, o HIG e o Material Design têm diretrizes detalhadas sobre estilos de tipografia, tamanho, pesos e uso/melhores práticas.

Interface do Usuário (UI)

Uma das diferenças mais óbvias entre o Android vs iOS é a interface do usuário. O Android tende a ter uma abordagem mais flexível e personalizável, com widgets, papéis de parede animados e uma variedade de opções de personalização. 

Por outro lado, o iOS oferece uma interface mais restrita e uniforme, com ícones organizados em grade e uma barra de navegação inferior consistente em todos os aplicativos.

Experiência do Usuário (UX)

Conforme já sabemos, de acordo com os princípios básicos de design de experiência do usuário e pela psicologia do design, fazer com que os usuários tenham que pensar antes de agir, aumenta a carga cognitiva, causando frustração. O que os leva a abandonar um produto – e possivelmente migrar do Android para o iOS ou vice-versa.

As diretrizes de interface da Apple são focadas na simplicidade, no minimalismo e na consistência, priorizando uma navegação mais intuitiva. Por outro lado, as diretrizes Android enfatizam a flexibilidade, combinando interações mais responsivas e interfaces visualmente atraentes.

4 diretrizes essenciais para o desenvolvimento de aplicativos

  1. Entenda os princípios de UX design do iOS e do Android.
  2. Identifique os diferentes padrões de comportamento dos usuários em cada plataforma.estritamente 
  3. Analise como a variedade de dispositivos influencia o design.
  4. Opte por uma abordagem de design apropriada, seja ela específica para cada plataforma ou integrada.
    Entenda as principais diferenças de design, como padrões de navegação, design de ícones e tipografia.

Implicações para designers e desenvolvedores

Embora as diferenças entre iOS e Android UX sejam nítidas e significativas, ambos contribuem para enriquecer o campo do design de aplicativos móveis. 

No caso do sistema Android, a chave é entender a diversidade de dispositivos e versões do sistema operacional. Isso significa testar os aplicativos em uma variedade de dispositivos e garantir a compatibilidade com diferentes versões do Android. Além disso, seguir as diretrizes do Material Design é essencial para criar uma experiência coesa e intuitiva para os usuários do Android.

Já quando se trata do iOS, os designers e desenvolvedores devem aderir inteiramente às diretrizes da Apple para garantir uma experiência de usuário familiar e coesa. Isso inclui o uso de elementos de design familiares e gestos intuitivos, combinados sempre com uma interface limpa e minimalista.

A habilidade de entender e abraçar essas diferenças possibilita aos profissionais tirar proveito delas, personalizando as experiências de acordo com os princípios de design e hábitos dos usuários observados em cada plataforma. Quando aplicadas com critério, essas distinções podem resultar em experiências de usuário muito mais atraentes, intuitivas e satisfatórias.

Se você quer elevar o nível das suas entregas e criar produtos digitais extraordinários, aprimorar suas habilidades em Produto é o primeiro passo! Conheça o Curso de Product Design da PM3. Nele, você aprenderá a aplicar a mentalidade e os processos de design em toda a cadeia de criação e evolução de um produto, desenvolvendo as habilidades necessárias para criar experiências de usuário envolventes e impactantes em diversas plataformas, incluindo Android e iOS.