Buy or Build? - Meetup Produto.io 28.05

Por Ana Gabriela De Callis

 

Na última terça-feira (28.05) participamos do Meetup do Produto.io que aconteceu na AMARO. Esse bate papo contou com Conrado Depoiam, PM da Amaro, Frank Chu, Head de Produto da Intelipost e Tulio Calsaverini, PM do Nubank, que vieram trazer suas experiências sobre o que leva um time de produto escolher comprar ou desenvolver uma solução internamente.

 

O papo começou com Conrado e Frank, mostrando um case de parceria entre a AMARO e a Intelipost. Segundo Conrado, o que não é core para a AMARO é core para alguém e por isso faz todo sentido aplicar um desapego e buscar soluções no mercado. Conrado também pontuou que desenvolver um produto dentro de casa sempre traz mais restrições, e nesse caso é sempre mais interessantes lançar um MVP.

 

Frank Chu veio para complementar o que Conrado trouxe de ideias e afirmou que o produto da Intelipost melhorou a partir de parcerias como a da AMARO. Para ele o principal para decidir comprar ou desenvolver é conhecer o cliente. No caso da Intelipost, quem contrata não é quem usa, por isso o cliente não é o usuário e é papel do PM se preocupar com os dois stakeholders.

 

“Um problema de um cliente multiplicado por um grupo de clientes, se torna um problema de mercado e resolver problemas de mercado se torna a sua grande oportunidade” Pontuou Frank.

 

Para finalizar o painel de palestras, Tulio Calsaverini, PM do Nubank desde que o banco tinha poucos clientes trouxe cases do Nubank sobre o dilema de fazer as coisas dentro de casa ou não. No caso do banco digital, o crescimento enorme do produto faz com que hoje existam mais serviços internos do que engenheiros de software dentro da empresa, o que consequentemente leva o time a decidir terceirizar algumas coisas.

 

Para ele o comprar vs. construir não pode ser decidido no vácuo. É preciso construir o que é core e comprar o resto, mas para isso é importante saber o que é core. São as necessidades e as oportunidades que definem o que é core.

 

Porém, para Tulio, nada é para sempre. Algumas decisões de compra podem se tornar cases de desenvolvimento mais para frente, como alguns serviços desenvolvidos internamente depois de um tempo não funcionam mais e podem ser terceirizados.

 

No fim do dia é papel do PM, junto ao seu time, decidir o que é core do produto e isso deve sim ser desenvolvido dentro de casa, assim como abrir mão daquilo que não é o carro chefe da empresa e entregar para um parceiro, como a AMARO fez com seu sistema de entrega com a Intelipost. #desapega

 

Quer se tornam um PM de sucesso aprendendo com os profissionais mais bem qualificados do mercado? A PM3 tem o primeiro curso online de Product Management do Brasil. Vem aprender com a gente, saiba mais no nosso site.

Torne-se um(a) Product Manager completo(a)!

Aprenda com os melhores profissionais do mercado neste curso totalmente online com mais de 40 horas de conteúdo. 24/7, aonde e quando quiser!

QUERO
Close