29 de junho de 2022

Golden Circle: definindo o posicionamento do produto

Golden Circle (ou Círculo de Ouro) é um conceito ajuda empresas no mundo inteiro na definição do seu propósito e no alinhamento de iniciativas de acordo com ele, entregando experiências mais relevantes para as pessoas e se diferenciando da concorrência.

Aqui neste artigo você vai entender o que é o Golden Circle, como ele foi criado, qual a sua importância e como aplicar essa estrutura no posicionamento de um produto. 

Vamos lá?

O que é Golden Circle segundo Simon Sinek

O Golden Circle é um framework estratégico desenvolvido pelo palestrante e escritor Simon Sinek. Visualmente, esse método está estruturado em três círculos, um dentro do outro e que correspondem a três pilares:

  • O que (What): círculo externo, que determina o que a empresa faz, quais produtos vende e quais são suas entregas.
  • Como (How): círculo intermediário, que resume como a empresa faz e quais os processos que adota;
  • Por que (Why): círculo interno, que corresponde ao propósito maior da empresa (o porquê).
Golden Circle: definindo o posicionamento do produto

O conceito deu origem ao livro de Sinek Start with why: How Great Leaders Inspire Everyone to Fale Action (“Comece pelo porquê: como grandes líderes inspiram pessoas e equipes a agir”). O método se popularizou com a palestra do TED Talks  “How great leaders inspire action“, do próprio Sinek. 

Especialista em liderança, o autor se inspirou em grandes líderes mundiais para desenvolver o seu framework, como Steve Jobs e Martin Luther King, buscando entender os padrões de comportamento e o poder de inspirar dessas grandes referências. 

O Círculo de Ouro foi criado com o objetivo de fazer com que as organizações foquem no seu propósito e no Customer Experience, se diferenciando no mercado. Muitas empresas ficam presas ao “o que”, que corresponde a uma camada mais superficial, e esquecem a sua razão de existir. 

Uma vez que focam no “porquê”, as organizações conseguem criar soluções alinhadas aos seus valores, engajar as pessoas internamente em um único propósito e fortalecer a marca no mercado, a partir de um alto nível de identificação com o público. 

A Apple e a Starbucks são exemplos de empresas que focam em seu propósito, o que explica em parte porque essas marcas contam com clientes tão fiéis, mesmo vendendo produtos mais caros do que a média nos seus respectivos setores. 

As 3 esferas do Golden Circle

Agora que você já entendeu o conceito de Golden Circle, vamos nos aprofundar em cada um dos pilares desse framework. Vem ver!

Por que?

O círculo central é o ponto de partida do desenvolvimento do modelo de negócio de uma empresa e corresponde ao propósito da organização, norteando todas as decisões internas. 

É o diferencial da empresa que impacta o mercado e inspira as pessoas, criando comunidades de clientes promotores da marca. Para encontrarem o porquê, os líderes devem fazer um exercício de reflexão profunda sobre a essência, o propósito e os diferenciais do negócio. 

Como?

O círculo intermediário conecta o porquê da empresa com o que ela faz. Essa etapa envolve as estratégias que a empresa tem que ter para alcançar o seu propósito. Este é o momento de começar a concretizar o porquê da empresa, estabelecendo planos de ação para atingir seus objetivos e implementar a cultura, envolvendo todas as áreas da organização.

O que? 

O círculo externo envolve as entregas finais da empresa, como o produto ou o serviço e deve ser um resultado construído desde o porquê. Assim, aquilo que sua empresa vende está fundamentado em uma base sólida e alinhada aos valores da organização. 

Importância do Círculo Dourado

A clareza de propósito trazida pelo Golden Circle oferece diversos benefícios para as empresas, como o engajamento do time nas atividades. Isso acontece porque as pessoas conseguem se identificar com o propósito do negócio e se motivar por ele, muito mais até do que pelos resultados de suas tarefas. 

Afinal, o time sabe por que está fazendo determinada ação, já que, pelo Círculo Dourado, tudo na empresa se conecta ao propósito. As lideranças também se tornam mais inspiradoras, sendo coerentes com a cultura da empresa e tomando decisões baseadas no porquê. 

O Golden Circle propõe um processo que se dá de dentro para fora. Assim, com um ambiente interno de motivação e engajamento, a tendência é que esse aspecto positivo se reflita nas ações e nas experiências entregues para os clientes. 

Nesse fluxo, os consumidores ficam mais satisfeitos com aquilo que recebem e também se identificam com o propósito da marca. A partir disso, eles se tornam clientes fiéis e promotores da empresa, recomendando os seus serviços e produtos para os conhecidos e escrevendo comentários positivos nas redes sociais, sem que você corra o risco de perder consumidores para a concorrência, independentemente do preço ofertado.

Tudo isso contribui ativamente para o aumento das vendas, o fortalecimento da marca no mercado e o crescimento da empresa a longo prazo

Além disso, pensando em gestão de produto e, mais especificamente, na área de Product Marketing, o Golden Circle ajuda o time a definir a proposta de valor do produto com base no propósito e não nas funcionalidades da solução, o que aumenta as chances de identificação com o público. A seguir, vamos falar um pouco mais sobre esse assunto, confira!

Como aplicar o Golden Circle para definir o posicionamento do produto

Para falar sobre como você pode aplicar o Golden Circle como framework de posicionamento do produto, nos baseamos na aula da Beatriz Guarezi, da Liv Up, do Curso de Product Marketing.

Beatriz reforça que o Círculo Dourado é uma ferramenta estratégica para o posicionamento do produto no mercado, uma vez que ajuda a organizar as definições da solução por papel que elas têm na narrativa da marca e na experiência do consumidor. 

Essa metodologia reúne os atributos, os diferenciais e as entregas (funcionais e emocionais) que estão vinculados ao “porquê” da marca, ao “como” e ao “o que” em uma única narrativa. 

Por isso mesmo, Beatriz reforça que essa é uma ferramenta que demanda uma construção mais criativa por parte do time de Produto. Afinal, a partir de definições estratégicas, a equipe deve fazer um trabalho de abstração e de priorização, criando frases que se complementam e que contam a mesma história linearmente, mas partindo de diferentes pontos de vista.

De acordo com Beatriz, os 3 elementos do Golden Circle podem conduzir os seguintes questionamentos sobre o produto: 

  • Por que a empresa criou o produto? Qual missão a empresa realiza a cada venda, a cada cliente? Qual impacto a sua marca é capaz de deixar no mundo?
  • Como seu produto se diferencia? Quais são as características que definem o seu produto e a experiência do usuário? Quais aspectos tornam tudo isso mais especial? 
  • O que você vende? O que define o mercado em que você está? Pelo que seus clientes pagam de fato? 

A partir dessas perguntas, você consegue utilizar o framework do Golden Circle para te ajudar no posicionamento do Produto. Mas é importante não esquecer essa estrutura, que deve estar acessível para todos do time sempre que novas iniciativas forem idealizadas.

Para mais artigos sobre posicionamento e Product Marketing, confira:

Autoria de:

Você também pode gostar de ler