Uma relação saudável entre designers e Product Managers em 5 princípios

Por Kakau Fonseca

Desde que o mundo dos produtos digitais ganhou força, uma relação que frequentemente ganha os holofotes é a parceria entre Product Managers e Product Designers (para esclarecer esses papéis confira também quem faz parte de um time de produto).

Não é raro ouvir designers bradando por aí que sua dupla de produto atropela seu processo, enquanto os Product Managers, por sua vez, reclamam da falta de visão de negócio e estratégia dos designers.

No entanto, sabemos que produtos de sucesso se fazem com relações saudáveis entre todos os membros do time, mas principalmente, entre esses dois profissionais. Em março deste ano, a Juliana Carvalho e eu fomos convidadas pela PM3 para falar um pouco mais sobre como criamos uma parceria de sucesso e muito colaborativa enquanto trabalhávamos no iFood.

Confira essa PM3 Lives - Qual é a relação entre Product Managers e Product Designers?

Nossa sinergia nos permitiu não só dividir ótimos momentos no time, mas também conduzir um projeto para a resolução de um grande problema financeiro vivido pelos restaurantes e pela empresa. O resultado final desse projeto foi capaz de economizar milhões de reais, muitas horas de atendimento ao cliente e aumentar significamente as métricas de satisfação.

Portanto, por acreditar que esse é um assunto delicado e que boas práticas devem ser passadas adiante, separei neste artigo 5 princípios fundamentais para uma relação saudável entre PMs e Product Designers. Espero que gostem e aproveitem as dicas.

Transparência acima de tudo

Este é princípio mais difícil de se sustentar no dia a dia. As mudanças acontecem rapidamente no campo da tecnologia, portanto, é natural relevar faltas de entendimento em uma determinada situação. Porém, isso pode se tornar um grande problema a médio prazo.

O relacionamento com colegas de trabalho deve ser pautado pela transparência constante, mas no caso de Product Managers e Product Designers, isso deve ser ainda mais exacerbado. Afinal, a relação de vocês é quase como um casamento e o comportamento de um impacta diretamente no trabalho do outro. 

"The relationship between the two roles is similar to “a marriage” and “having a partner”. You have to respect the other as a professional and let them bring their skills to the table for the good of the product.” Sergi Arevalo — Justinmind

Sendo assim, se vocês evitam determinadas conversas, algo está errado. Uma relação se faz com paciência, respeito e liberdade, e uma relação sincera transpõe as barreiras de comunicação, aumenta a clareza das ideias e proporciona uma conexão genuína. Tudo isso para dizer que uma boa relação se constrói com conversas difíceis e não evitando-as. 

Escopos diferentes, mas execução em conjunto

Product Managers e Product Designers têm seus próprios escopos de atuação. Cada profissional tem uma lista de coisas que domina e pela qual é responsável durante o processo de produto, mas os limites entre uma função e outra são mais indefinidos do que parecem.

Entendemos que cada um dos profissionais tem suas obrigações cotidianas, mas a verdade é que muitas dessas tarefas fazem parte do escopo de ambos, ainda que sob óticas diferentes. Product Managers são responsáveis pelas KPIs, mas Product Designers também devem ser. Da mesma forma, entrevistar usuários não deve ser papel apenas dos designers.

Para a relação entre os pares funcionar, ambos precisam entender que suas funções estão sempre conectadas e que o sucesso do produto depende do equilíbrio dessa parceria. Se a dupla assume os desafios como tarefas individuais, o projeto fracassa. Portanto, planejem e executem juntos sempre que puderem.

Flexibilidade é o mantra

Se somos francos uns com os outros e trabalhamos em conjunto, a sustentabilidade da relação começa a ganhar forma. Porém, para que as coisas se mantenham favoráveis, é preciso ter respeito e flexibilidade — muita flexibilidade.

A verdade é que Product Managers e Product Designers vão discordar em algum momento. As prioridades serão diferentes e os desejos também, e é aqui que entra a necessidade de maleabilidade dos pares. É preciso saber que toda história tem dois lados e que o seu colega também tem uma experiência que deve ser considerada.

Acima de tudo, temos os mesmos objetivos no final do dia: colocar produtos de sucesso no ar. Mas lembre-se que por mais que você queira tomar um determinado caminho, é preciso considerar possibilidades diferentes porque a opinião do seu parceiro de trabalho também importa.

Portanto, pratique o exercício de não ficar preso apenas à sua ideia. Opte por escutar por que a ideia do outro faz sentido e por que você pode estar errado. Essa relação não deve ser uma queda de braço, mas um jogo de estratégia em dupla no qual a vitória é compartilhada.

Compartilhem bastante

Pode parecer redundante falar de transparência e logo em seguida abordar a comunicação como um princípio fundamental, mas é preciso enfatizar a importância da interlocução na relação entre Product Managers e Product Designers.

Para que os processos tenham o menor número de desentendimentos possível, seu dever enquanto membro dessa parceria é se comunicar o tempo inteiro. Não assuma nada, compile todas as informações e verbalize. Muitas vezes você vai se surpreender sobre como as pessoas podem ter interpretações diferentes sobre um mesmo assunto.

Lou Downe, em seu excelente livro "Good Services", destaca que organizações divididas em silos produzem serviços fragmentados e comprometem a qualidade das experiências e dos serviços. A solução de Downe para este problema é simples: comunique-se.

"Communication is the one thing that either makes or breaks your service's ability to provide something that works for your user."

Neste caso, a lógica aplicada é a mesma: se trabalhamos sem nos comunicar com nossos pares criamos silos. Portanto, crie um ambiente propício à comunicação e compartilhe seus pensamentos e objetivos. Comunicação não é um tópico fácil, mas provavelmente é o mais importante.

Aprendam juntos

Pode parecer piegas, mas uma postura que ajuda a nutrir uma boa parceria entre Product Managers e Product Designers é o aprendizado em conjunto. Ambos os profissionais têm algo a oferecer, porque afinal, ninguém sabe de tudo. Então, troquem informações entre vocês.

Traga suas experiências para a relação e compartilhe seus conhecimentos. Esse momento pode ser estimulante para que vocês aprendam algo novo não só sobre design e produto, mas também criem laços e construam uma relação de amizade. 

"Teamwork begins by building trust. And the only way to do that is to overcome our need for invulnerability." – Patrick Lencioni

Troquem referências e conteúdo sempre que puderem, essa dinâmica provoca discussões que podem suscitar desdobramentos positivos para o produto e aproximar os pares. Um interesse em comum, uma descoberta realizada juntos ou um novo conhecimento adquirido é um bom óleo para calibrar essa relação.

Conclusão

Product Managers e Product Designers ainda podem carregar esse estigma de uma relação conturbada durante muito tempo, mas também é nosso papel discutir até onde estamos alimentando esse monstro e se realmente estamos buscando soluções.

Não devemos ter a pretensão de que tudo funcionará sempre na mais perfeita harmonia, mesmo porque estamos falando de uma parceria muito próxima. Porém, mais do que respeitar o seu par, suas habilidades e seu conhecimento, é preciso criar um ambiente onde a transparência, o aprendizado, a comunicação, a flexibilidade e a cooperação sejam vivas.

O objetivo principal dessa dupla é compartilhado e, para conquistar produtos de sucesso, é preciso que ambos estejam dispostos a encontrar a melhor forma de alcançar essa meta. O êxito dessa relação não tem um único responsável, mas isso não quer dizer que você não possa dar o primeiro passo. O importante é começar.

Conheça mais sobre a gestão de produtos digitais

Torne-se um(a) Product Manager mais preparado(a) para enfrentar o mercado, baixe a ementa do curso referência em produto no país e aprenda com 17 instrutores de peso de empresas como OLX, Nubank, Booking.com, iFood, Creditas, Grupo ZAP, entre outras grandes Tech companies brasileiras. 

Mais conteúdos para te ajudar a ser um(a) PM melhor:

 

Ver todos os conteúdos do blog

Torne-se um PM completo(a)!

Faça como os mais de 2.500 alumni, estude nos cursos que são referência na educação em Product Management no país, e eleve a barra em Produto!

Close