5 disfunções de um time e como evitar cada uma delas
Caio Arruda

Caio Arruda

Product Manager

5 minutos de leitura

Panorama do Mercado de Produto

Trabalhando na área de Produto ou não, você provavelmente faz parte de um time. Seja a squad onde está, um projeto no qual que trabalha com outras pessoas ou o departamento inteiro onde atua. Estamos regularmente interagindo e administrando diferentes relações com stakeholders — e algumas vezes sofrendo com isso por conta das chamadas 5 disfunções de um time.

Agora pense no time em que você faz parte e responda:

  • As pessoas falam abertamente suas opiniões umas às outras?
  • As reuniões são interessantes e produtivas?
  • Se precisam tomar decisões em conjunto, tomam-na rapidamente?
  • Para atingir o resultado esperado, as pessoas cobram umas às outras?
  • As pessoas colocam os interesses do time antes dos seus interesses pessoais?

Se você respondeu “não” para alguma pergunta, provavelmente seu time enfrenta alguma disfunção.

Disfunção — funcionamento anormal ou prejudicado.

(Oxford Language)

Times são formadas por pessoas, que têm suas forças e fraquezas, por isso é normal e até esperado haverem pontos de evolução na sua dinâmica. No livro “Os Os 5 desafios das equipes: uma história sobre liderança”, Patrick Lencioni explica os problemas mais comuns enfrentados por times e como eles se relacionam.

5 disfunções de um time pirâmide

As 5 disfunções de um time estão dispostas por ordem de prioridade na forma de pirâmide, sendo a falta de confiança o alicerce das demais disfunções. A seguir vou apresentá-los de “cima para baixo”, pois acredito que a compreensão fica mais fácil.

1. Desatenção aos resultados (do time)

Cada um pode e deve ter seus objetivos, ambições e necessidades pessoais, porém estes não podem vir antes dos interesses do próprio time — seja por ego, necessidade de reconhecimento ou desenvolvimento na carreira. Em equipes fortes, ninguém está satisfeito até que o objetivo do time esteja satisfeito.

Essa disfunção tende a acontecer quando não há a famosa accountability entre os membros (quando as pessoas cobram umas às outras para alcançar o objetivo em comum).

Aqui metodologias como OKR e 4DX podem auxiliar bastante. Definindo um objetivo comum e implementando métodos que garantam que o time mantenha-se sempre focado no seu resultado coletivo.

2. Evitar Team Accountability

Quando não há um acordo entre todos acerca do objetivo do time, fica mais difícil haver accountability entre os pares. Até mesmo a membro mais motivada e engajada pode se sentir desconfortável em “puxar a orelha” de algum colega que não está dando seu melhor. Isso faz com que a baixa performance seja aceitável e pode tornar o líder, ainda que por influência como Product Managers, o chata que fica chama o time pro foco.

Standards claros de entrega, review meetings, e até mesmo rotacionar quem lidera a daily meeting auxiliam na implementação do peer-to-peer accountability.

3. Falta de comprometimento

Pessoas tendem a evitar team accountability quando não estão comprometidas. A falta de direção e comprometimento pode abalar uma entrega de maneira parcial ou até mesmo por completo!

Nem sempre é necessário haver consenso para a tomada de decisão. Garantindo que todos tenham abertura para expor suas ideias e que haja respeito, você terá um time comprometido, ainda que alguns discordem da decisão (e tudo bem).

Certifique-se de que as pessoas participem de processos de decisão importantes, que vejam e entendam o racional por trás da decisão ou que pelo menos sejam ouvidas, faz com que elas se comprometam com algo, mesmo que discordem.

4. Medo de conflitos

Para que as pessoas se sintam confortáveis em expor suas ideias, deve-se criar um ambiente seguro e confortável onde discordar não seja um problema.

Se o time tem receio de discordar uns dos outros, todos medem muito suas palavras e opiniões de fato não são expostas, intrigas e fofocas podem e vão surgir. Dessa maneira, o grande benefício de ter diferentes mentes juntas numa squad para construírem algo incrível juntas não se torna realidade.

Tenha definidas normas de time, nas quais fique claro para todos desde o primeiro momento aquilo que faz sentido para vocês. Atualmente onde trabalho nós dizemos “don’t take anything personal”, pois mesmo que os ânimos se exaltem, é sempre para atingirmos nosso objetivo em comum.

5. Falta de confiança

Conflitos só podem ser encarados com transparência e respeito quando há confiança entre as partes. Sem confiança, nenhum dos demais pilares serão sustentados. Se as pessoas têm receio de pedir ajuda uns aos outro, ou até mesmo em se oferecer para contribuir com algo, haverá uma grande perda de energia e tempo do time com coisas menores.

A confiança baseada na vulnerabilidade cresce conforme você conhece mais sobre seus pares, entende suas forças e fraquezas, e se sente confortável para falar as suas. Garanta que as pessoas conheçam umas as outras e saibam minimamente suas limitações. Eu, por exemplo, sei muito pouco sobre questões técnicas, e deixo isso claro desde o primeiro momento, já alinhando que talvez eu faça perguntas que possam parecer “burras” ao time de desenvolvimento.

Conclusão

As 5 disfunções de um time são bem comuns, afinal, times são formados por pessoas que têm suas forças e fraquezas. Para que um time alcance sua excelência é importante resolver suas disfunções, sejam essas ou outras.

Até mesmo como Product Managers, estamos sempre praticando a liderança por influência e, muitas vezes, direcionando a dinâmica da nossa squad, que tem impactos diretos na entrega do nosso resultado. Por isso, podemos sim contribuir para sua melhoria.

Conheça o Curso de Product Leadership

Já atua na área de Produto e deseja assumir cargos de liderança, gerir pessoas e influenciar diretamente na estratégia de produto da sua empresa? Ou ainda, já atua nessa função e quer seguir se qualificando na área? Então você precisa conhecer o Curso de Product Leadership!

O curso reúne um conteúdo aprofundado com mais de 25 horas de conteúdo gravado, feito para pessoas líderes ou seniores na área de Produto (mais de 3 anos de experiência). 

Mais de 12 líderes renomados e com vasta experiência no mercado brasileiro compartilham seus aprendizados e cases, transmitindo as melhores práticas de gestão de pessoas e estratégia de Produto.

Bateu a curiosidade? Então acesse gratuitamente a ementa completa!

banner curso de product leadership

Leia mais: