6 de junho de 2022

Liderança por influência: qual o seu papel como Product Manager?

Liderança, se não for o maior, com certeza é um dos principais assuntos em pauta no meio corporativo. Afinal, como qualquer trabalho, é natural que pessoas possuam objetivos ou metas em comum. No caso de Product Managers, a liderança por influência é uma das características do cargo e interfere diretamente na rotina de trabalho.

Neste texto, vou explicar melhor o que isso significa e abordar alguns aspectos de como você pode aumentar a sua influência em relação ao seu time. Vamos lá?

O que é liderança?

A liderança nada mais é do que um processo no qual um indivíduo influencia um grupo, visando alcançar um objetivo em comum. Nesse meio existe justamente a figura do líder ou da líder por sí só, além da sua relação com os outros membros do grupo.

Normalmente essa liderança se da por cargos, a famosa liderança atribuída. Aquela baseada em alguma posição formal dentro de uma empresa. Um exemplo claro disso é a relação entre seu chefe e os respectivos funcionários. Há uma definição clara de hierarquia e atribuições. O seu chefe vai assinar as suas férias, vai negociar o seu salário, vai garantir a sua evolução, entre outras responsabilidades.

E a liderança por influência de Product Managers?

Pessoas que atuam como Product Managers, por outro lado, também exercem um tipo de liderança. No entanto, essa liderança fica em um ambiente mais tridimensional.

“Mas, Anselmo, eu não assino as férias dos desenvolvedores da minha squad”. De fato, já existem pessoas responsabilizadas por isso. A gestão é um dos aspectos da liderança e ambos eventualmente se sobrepõem.

Porém, existe uma liderança não oficializada, querendo ou não. A liderança que uma pessoa de Produto exerce vem de algo feito por ela e que conquista o apoio de outras pessoas, e não do poder que ela tem.

Basicamente, a maior atividade desse tipo de liderança é justamente o processo de influência. Os frutos dessa relação afetam diretamente a performance organizacional como um todo. Ou seja, mesmo estando no mesmo nível de hierarquia, você deve conquistar as pessoas do seu time para que apoiem as suas decisões e embarquem com você na estratégia de produto.

Vale lembrar que o cargo de Gerente de Produto, por padrão, não inclui gerir pessoas e carreiras. O foco dessa pessoa estará sempre no produto e na estratégia, a não ser que você opte por seguir carreira como Group Product Manager, o que abrirá as portas para que você também desenvolva pessoas.

Leia mais: A carreira em Y para Product Manager: entenda as possibilidades

Principais pilares da liderança por influência

Mas afinal, como assumir uma postura de líder sem de fato ter qualquer poder ou responsabilidade em relação ao desenvolvimento do seu time?

Você vai precisar ser alguém que inspira as pessoas ao seu redor e que cria um ambiente motivador para o trabalho. Essa está longe de ser uma tarefa fácil (principalmente porque Product Managers sofrem muita pressão), mas que vai te beneficiar também. Afinal, uma equipe que compra as suas ideias e te apoia é o que vai criar uma harmonia na rotina, reduzindo qualquer tipo de estresse.

Sendo assim, podemos dizer que a liderança por influência é construída a partir de 2 principais pilares:

1. Construção de confiança

Se olharmos em qualquer livro ou artigo que descreva as habilidades de uma boa pessoa gerente de produto, podemos notar algumas correlações de boas habilidades. Entre elas existe um profundo conhecimento dos seus clientes, mercado e negócio; uma boa comunicação estruturada; capacidade de analisar dados; entre vários outros que tecnicamente vão contribuir para a sua evolução.

Porém, há uma da qual pouco se fala: a capacidade de construir confiança.

Efetivamente a confiança é algo que é dado. Ou seja, até certo nível, independe de você estar forçando essa conquista. Mas é preciso ser confiante e mostrar que você sabe o que está fazendo, pois a capacidade de construir relacionamentos minimante sólidos faz muita diferença.

A verdade é que a pessoa Gerente de Produto está no meio de um turbilhão de informações que eventualmente terão que ser traduzidas em um resultado esperado. Até que o resultado seja alcançado, é necessário conquistar buy-in de todos. De outro modo, você vai precisar de poder para ter a palavra final (coisa que você não tem, lembra?).

Basicamente, sua avaliação também vai incluir a capacidade de gerar boas relações com os seus pares e liderança.

2. Adaptabilidade

Uma boa liderança por influência sabe identificar do que os membros do seu time precisam, adaptando seu próprio estilo de liderança para atender essas necessidades específicas. O “nome bonito” do mundo dos Product Managers para isso é: gerenciamento de stakeholders.

Compreender qual é o nível e necessidade de interação entre a pessoa de produto e os seus respectivos stakeholders, faz parte da liderança por influência. Ser um exímio gerenciador de stakeholders reduz a pressão e questionamentos sobre o trabalho realizado.

Os desafios de liderar pela influência

Falando assim pode até parecer muito legal essa ideia de liderar pessoas por influência, sem realmente ser responsável por elas de alguma forma. Mas é claro que esse papel tem muitos desafios também.

Um dos fatores mais críticos para gerar confiança dentro de uma equipe, por exemplo, é demonstrar as suas vulnerabilidades visando criar um ambiente seguro, onde não há medo de expressar os seus receios e fraquezas. Acima de tudo, mostrar-se disposto a ajudar também. E vamos combinar, isso não é fácil para ninguém, especialmente no contexto de trabalho!

Na busca por esse ambiente, também vale mencionar a importância de adotar uma postura de não fugir de conversas difíceis. Depois de identificar os problemas, é fundamental buscar o controle da situação, resolvendo um conflito da melhor forma possível.

Nesse mesmo sentido, devemos nos dar conta também de que a decisão tomada pode estar errada, porém ela tem que ser tomada. E ao errar, o próprio time serve como o primeiro mecanismo de prestação de contas. Ou seja, reconhecer o erro e ser transparente é essencial para não prejudicar a relação de confiança estabelecida.

No entando, acima de tudo: atenção aos resultados! A forma mais natural e segura de conquistar a confiança das pessoas é comprovando seu esforço em buscar o melhor resultado possível. Além disso, é nosso papel mostrar ao time esse foco, reconhecendo e recompensando com bons feedbacks aqueles que contribuem para que os objetivos sejam alcançados.

Liderança por influência: qual o seu papel como Product Manager?

Como construir a liderança por influência

Mandando o papo reto: é seu papel estar todo o tempo exercendo a liderança por influência, em qualquer situação. Mas se você nem sabe por onde começar, eu trouxe algumas dicas que você pode aplicar no seu dia a dia:

  • Não traga somente a sua opinião, traga dados: ao insumos de Product Analytics para respaldar suas opiniões e decisões, você apresenta resultados com evidências de que sabe do que está falando. Isso mostra que você possui autoridade no assunto;
  • Escute primeiro, atue depois: você precisa criar um ambiente seguro onde as pessoas sintam que suas ideias podem ser compartilhadas, sem o risco de se sentirem estúpidas ou desvalorizadas;
  • Fortaleça as suas relações: tudo o que você diz, especialmente na frente das pessoas com quem trabalha todos os dias, afeta a opinião delas sobre você. Sendo assim, na gestão de produto você precisa construir relacionamentos e fazer conexões mais humanas, que vão permitir que você seja mais influente;
  • Compreenda as aflições e interesses das pessoas: em algum momento você vai se deparar com uma situação de bola dividida. Por exemplo, o time de Design propõe um novo comportamento que não está previsto no Design System. Por outro lado, o time de Engenharia se mostra relutante pois isso vai aumentar a complexidade e, por consequência, o tempo de entrega. É o seu dever entender ambos os lados e encontrar um alinhamento entre todas as partes;
  • Comece pelo porquê: as pessoas com quem você trabalha são inteligentes e vão querer saber o motivo por trás de todas as suas decisões. Traga todos para a conversa e ajude-os a entender o que os motiva. Mostre os dados, a pesquisa, e explique seu raciocínio.

Concluindo

Resumindo, é preciso compreender que você vai estar lidando com seres humanos, acima de tudo.

Da mesma forma, vale lembrar que ninguém é perfeito. Sendo assim, é reconhecendo as imperfeições e fortalecendo as relações criadas que conseguimos construir, naturalmente, a confiança necessária.

Por fim, tenha em mente que verdadeira liderança por influência não vem através de um monte de livros sobre o assunto, mas do processo de utilizar o bom senso misturado com uma boa dose de disciplina e persistência.

Curtiu o conteúdo? Então confira também:

Autoria de:

Você também pode gostar de ler