Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
14 de abril de 2021

PMwheel | Autoavaliação para Product Managers

Quando eu assumi minha primeira posição de liderança de produto eu imediatamente tinha uma preocupação: como ajudar gerentes de produto a evoluir. Como líderes, o ROI que temos quando ajudamos no desenvolvimento de alguém de produto é grande, o trabalho de um PM tem um impacto na cadeia inteira de empresas de produto. 

Eu considerava que falhar em ajudar meu time a se desenvolver me desqualificaria como líder. Não querendo fazer feio, eu esbarrei nas respostas que o trabalho da Petra Wille oferece. Com pouco uso o material já estava fazendo efeito. Eventualmente entrei em contato com ela pra falar de traduzir a PMwheel. Descobri que além de ter uma fama internacional em ajudar PMs a se desenvolverem, ela é extremamente simpática. 

Não achei justo que esse material não fosse difundido mais amplamente no Brasil, onde a comunidade e os trabalhos de produto no Brasil só crescem. PMs precisam evoluir e se diferenciar, líderes precisam oferecer bons ambientes para atrair os melhores PMs. 

A PMwheel vai te ajudar se:

  • Você gerencia pessoas de produto (atuando como head de produto, líder de time de produto, diretor de produto, CPO…) e está procurando um framework que te ajude a criar e evoluir conversas sobre carreira com seus gerentes de produto e avaliar seu time de forma estruturada.
  • Você é um gerente de produto buscando orientação. Qual é o melhor próximo tópico em que você deve se desenvolver pessoal e profissionalmente? Esse framework vai te ajudar a descobrir!

Tudo isso através da avaliação de 8 dimensões do trabalho de gestão de produto:

Entender o problema. A gerente de produtos está ciente sobre os principais problemas dos usuários do produto em que trabalha? Ela entende as motivações, questões e crenças dessas pessoas? E ela pensou quais são as necessidades da empresa/organização quando se trata da criação deste produto?

Encontrar uma solução. Ele encontrou um bom problema para resolver? Ótimo! Ele consegue criar possíveis soluções e experimentos para testar esses problemas?

Planejar. Não importa se você é um fã dos bons e velhos roadmaps, ou se você domina os mais novos macetes de planejamento ágil, gerentes de produto precisam ter um plano e uma história para explicar qual o próximo passo.

Fazer! Todo gerente de produto precisa saber como trabalhar com seu time de desenvolvimento para que o produto chegue ao consumidor.

Ouvir e aprender. Depois que você entregou algo novo, você vai querer observar se e como as pessoas estão usando, para iterar nos aprendizados e melhorar o status atual.

Time. O quão bom é o gerente de produtos quando se trata de trabalho em equipe? O que ele sabe sobre liderança por influência e motivação de times?

Crescimento! A gerente de produtos está investindo tempo no seu crescimento como uma pessoa de produto?

Agilidade. Ele está só vivendo em um mundo ágil ou ele entende completamente os valores, princípios e jeitos ágeis de se trabalhar?

As cinco primeiras dimensões da lista acima são partes específicas do processo de desenvolvimento de produto, enquanto as últimas três são mais gerais. A versão em PDF detalhada contém várias perguntas sobre esses tópicos.

Alguns exemplos de como são as perguntas:

Ouvir e aprender: ele consegue falar sobre a performance atual do seu produto a qualquer momento? Ele consegue descrever experimentos e testes rápidos para melhorar e refinar seu produto em ciclos curtos?

Fazer: Ela consegue descrever como ela mantém os stakeholders cientes do progresso do que está sendo desenvolvido? Ela consegue descrever a abordagem do seu time sobre qualidade de software? Como eles garantem que tudo funciona bem?

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD DO MATERIAL

Como utilizar se você está liderando gerentes de produto

A PMwheel é uma forma simples, mas muito poderosa de avaliar responsabilidades, habilidades e conhecimentos dos seus gerentes de produto. Não existem dois gerentes de produto iguais, cada avaliação é única – alguns serão fortes em uma área, enquanto outros serão fortes em outra.

A avaliação inicial – se preparando

Quando você avaliar seus gerentes de produto (depois vamos falar sobre como avaliar de forma colaborativa), você dará uma nota, numa escala de 0 a 7, para cada uma das dimensões. Por exemplo, se o gerente de produtos não oferece muito na dimensão de “Fazer!”, você dará um 0. Se, por outro lado, ele é a melhor pessoa do mundo em “Fazer!” ele receberá uma nota 7.

Depois que você avaliar todos os gerentes de produto dessa forma, é importante olhar para o time inteiro novamente e fazer quaisquer ajustes necessários: Todos que receberam um 6 em “planejar” são igualmente bons?

A reunião de avaliação colaborativa

Convide sua gerente de produtos para conduzir a primeira avaliação colaborativa dela.

Explique o framework.

Peça para que ela se avalie em cada uma das 8 dimensões na PMwheel (você já preparou sua avaliação sobre ela na etapa anterior)

Apresente as notas que você deu para a gerente de produto e explique porque você selecionou essas notas. Não fique limitado em apresentar só o que falta e pontos de melhoria, garanta que você vai mostrar onde ela está fazendo um ótimo trabalho!

Identifique uma área de melhoria nessa primeira sessão. Algo pequeno, algo fácil para aprender ou mudar. Você quer que eles tenham sucesso na mudança.

Peça para ela use o canvas do “eu futuro” para criar um plano de desenvolvimento detalhado.

Pergunte se ela gostaria de fazer o processo mais vezes, caso sim, com qual frequência?

Encorage comentários e até mesmo críticas a sua abordagem. A gerente de produtos pode ter pontos válidos e imediatos para melhorar sua definição do que é um bom gerente de produtos.

Como usar a PMwheel para seu desenvolvimento próprio

  • Avaliando você mesmo: leia todas as perguntas e desenha seu próprio gráfico de teia. Atenção, nem todas as perguntas podem ser relevantes para seu caso e algumas perguntas podem não ter a mesma relevância. Isso depende da abordagem da empresa em gestão de produtos (Times empoderados vs. times de funcionalidade) e da descrição do seu papel (gerentes de produtos técnicos podem ter avaliações baixas na parte de pesquisa com usuários), mas está tudo bem. Por isso é importante criar uma descrição do seu papel antes de aplicar a PMwheel. Tendo a descrição, você pode cortar o que não cabe no seu papel.
  • Peça para que seu líder direto te avalie da mesma forma.
  • Peça de 1 a 3 colegas para que avaliem também.

Você terá de 1 a 5 teias desenhadas, geralmente isso te dá uma visão clara: existem uma ou duas dimensões que não são bem avaliadas e essas são as dimensões que você pode focar seu tempo e esforço.

Para isso você deve criar um plano de desenvolvimento. Algo que ajude você a se comprometer com ações pequenas que te levam a ser a pessoa competente de gestão de produtos que você quer ser. Para isso, é recomendado o modelo do Eu futuro.

A PMwheel se encarrega de descobrir onde existem oportunidades de desenvolvimento. Ela se complementa com o Canvas de definição de papel, que pode ser usado para ganhar clareza do que é esperado da sua posição. Enquanto o Canvas do eu futuro te ajuda a evoluir através de pequenas ações.

Canvas de definição de papel

Como sempre, um canvas não é sobre preencher os espaços em branco. É sobre o processo, a discussão que você tem para poder chegar a uma versão de comum acordo.

Se não existe nada assim na sua empresa: comece a criar um.

Se você é um gerente de produto e acredita que seu líder direto ou que o pessoal do RH não vai se importar muito com isso, recomendo que você comece pequeno e faça de qualquer forma: comece usando com seu time de desenvolvimento. Tente preencher o canvas para o seu papel, mas também para designers, devs e assim por diante. No momento que você coloca coisas no papel as pessoas vão começar a discordar e a mágica acontece. É assim que você vai ganhar mais clareza sobre o seu papel atual!

Canvas do eu futuro

Vamos supor que você descobriu qual o melhor próximo tópico para você se desenvolver (por exemplo, usando a PMwheel), então, você deve criar algo que eu chamo de plano de desenvolvimento. Algo que ajude você a se comprometer com ações pequenas que te levam a ser a pessoa competente de gestão de produtos que você quer ser.

Se você chegou até aqui, espero que reconheça a razão pela qual fiz essas traduções. Recomendo que experimente o framework. Como líder, o simples fato de eu buscar avaliar meu time com as perguntas no PDF fez com que eu percebesse que eu não sabia sobre algumas de suas habilidades. São ferramentas leves que podem ser aplicadas pontualmente e que gradualmente tem se tornado parte do meu repertório.

E se quiser se aprofundar ainda mais, a Petra escreveu o livro chamado Strong Product People, com um trabalho extenso sobre evolução e desenvolvimento de PMs, e tem ainda mais materiais no site dela.

Conheça o Guia de Frameworks para Product Managers que vai ampliar seus horizontes!

Reunimos diversos frameworks, conceitos, ferramentas e muito mais em um guia que vai facilitar o seu dia a dia em Produto. Com exemplos e aplicações reais, você vai poder consultar e executar as melhores práticas da Gestão de Produtos, sentir mais segurança nas iniciativas e alcançar os melhores resultados!

Clique e baixe este guia totalmente brasileiro, feito dentro do nosso contexto por pessoas que estão gerenciando produtos digitais em empresas como Creditas, PM3, Xerpay, Space Sheep Games, Involves, Nubank e Memed.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é guia-framework-pms-1024x576.png
Mais conteúdos para te ajudar a ser um(a) PM melhor:

Autoria de:

Você também pode gostar de ler