Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
19 de março de 2021

O que esperar do time de Product Operations?

Agora que já entendemos o contexto em que as operações de produto surgiram e os principais motivos para esse crescimento acelerado de Product Ops (leia “Product Operations: Um papel fundamental em empresas product-led growth” e “Product Operations: Por que agora?), nada mais justo do que falarmos sobre suas responsabilidades.

O time de Product Operations é responsável pelas atividades operacionais do time de produto, liberando tempo dos Product Managers (PMs) para que foquem nas necessidades do negócio. Uma analogia que descreve bem o papel das operações de produto é a que o Clement Kao citou em seu artigo “What Is Product Ops?”, para Product Manager HQ:

Pensa que Product Managers (PMs) são as pessoas que abrem o caminho se aventurando em um novo território, mas enquanto eles estão descobrindo esse novo trajeto, há outras pessoas que precisam acessar e trabalhar nesse novo caminho. Product Ops são as pessoas que pavimentam o caminho depois que este foi definido. Eles fornecem a infraestrutura necessária para que todos possam expandir. Eles introduzem novos processos que agilizam as atividades para que as pessoas possam trabalhar juntas em sinergia.

 

Responsabilidades do time Product Ops:

As responsabilidades do time de Product Ops variam de acordo com a necessidade do negócio (você pode ver alguns exemplos no primeiro artigo dessa série sobre Product Operations). De todo modo, essas responsabilidades podem ser divididas em 7 principais áreas, conforme listadas abaixo:

 

1. Ferramentas, Metodologias e Processos

Responsável pelo gerenciamento das ferramentas utilizadas por produto, desde a pesquisa de ferramentas para resolver as necessidades do time, passando por teste de ferramentas, definição, contratação, implementação, configuração, treinamento até definição de melhores práticas garantindo que todas as pessoas do time estão usando de forma eficiente.

Exemplo de tarefas que utilizamos diferentes ferramentas: gestão de roadmap, testes com usuários, receber feedback de usuários, analytics, gravação de sessão, tag management, etc.

No que tange a processos, é responsável por identificar oportunidades para otimizar e criar novos processos a fim de garantir que o time de produto esteja consumindo menos tempo possível com tarefas repetitivas.

Ao mesmo tempo, é responsável também pela constante atualização de mercado referente a melhores práticas, metodologias, processos e ferramentas de forma a contribuir e tornar essas informações acessíveis para o time.

 

2.Dados

Responsável por coletar, validar, organizar e analisar dados de produto gerando insights disponíveis para toda a organização, de forma a colaborar entre as áreas em torno do produto identificando melhorias e contribuindo nas decisões de negócios de forma a garantir que os insights validados sejam executados.

Exemplo de dados administrados por eles: Product Stickiness (DAU/MAU ratio, WAU/MAU ratio), Conversion Rate, Net Promoter Score (NPS), feedbacks dos clientes, tickets de suporte, etc.

 

3.Comunicação entre times

Responsável pela coordenação e alinhamento entre os times internos promovendo e facilitando a comunicação e garantindo que os stakeholders entendam claramente o valor que novas features entregam para o cliente, como serão utilizadas e quando serão lançadas.

 

4.Product Enablement

Responsável em colaborar com a equipe de marketing de produto no lançamento de features da forma mais eficaz possível, desenvolvendo estratégias de ativação e engajamento de usuários, além de ajudá-los nas interações com o produto identificando potenciais atritos e melhorias.

 

5.Experimentação

Responsável por tornar os processos de experimentação mais eficientes garantindo que não sobreponham ou atrapalhem testes de outros times. Dessa forma, o time de Product Ops auxilia na identificação de novos testes que valem a pena ser realizados, acompanha cada etapa, interpreta os resultados e apresenta à equipe de produto, para que cada PM possa se beneficiar com os testes uns dos outros, reduzindo retrabalho.

 

6.Onboarding e Treinamentos

Responsável pelo processo de onboarding de novos colaboradores no time de produto de forma que eles tenham toda a infraestrutura necessária para trabalhar, sejam apresentados às pessoas chave e aprendam o que precisam saber para atuar no dia a dia do time.

Da mesma forma, é responsável por realizar treinamentos no time de produto em torno de todos os processos de Product Ops, bem como acompanhar o progresso de cada colaborador da equipe.

Para isso, precisam criar e manter atualizados e organizados os materiais de consulta do time, como por exemplo playbooks, templates de user story, guias de entrevistas com usuário e estrutura de pesquisa, certificando-se que esses recursos são os corretos para a tarefa, são fáceis de usar e de encontrar.

7.Voz do Cliente

Responsável por conduzir estratégias para elevar a voz do cliente, como pesquisas e análise de métricas de saúde do cliente, estabelecendo as melhores práticas em como o feedback é capturado, processado, analisado e implementado. Contribuindo, dessa forma, na criação de roadmaps customer-centric.

 

Exemplos práticos de problemas que Product Ops resolveria

Uma boa ideia que Jonathan Hau teve em seu artigo “Why Product Operations is set to be the Backbone of Product-led Growth”, é listar alguns exemplos práticos de problemas que enfrentamos no dia a dia e como o time de Product Ops resolveria:

ProblemaComo Product Ops resolveria o problema
Falhas de comunicação entre Produto e o time de suporteEm conjunto com a liderança do time de suporte, definiriam uma reunião semanal entre PMs e líderes do time de suporte com o objetivo de alinhar resoluções dos tickets de suporte.
Alocação de tempo do PM para documentação sobre a execução de funções básicas, como a preparação de documentos para reuniões de equipe, obtenção de aprovação executiva para uma iniciativa de projeto e outras tarefas gerais do processo de desenvolvimento de produtoConstrução de templates, guias e modelos em conjunto com a liderança de produto, mantendo organizados, atualizados e acessíveis.
PM documentando processo e não garantindo o compartilhamento com todas as pessoas necessáriasGerenciamento de todas as documentações de produto garantindo a atualização, compartilhamento e fácil acesso.
As dependências entre equipes ficaram mais complexas e demoraram mais para serem resolvidas com mais pessoas na equipe.Assume responsabilidade no gerenciamento das dependências entre times facilitando a comunicação e criando processos a fim de garantir que os indivíduos estejam alinhados uns com os outros.
PM tem diversos dados para analisar em diferentes lugares de diferentes formasAssume a gestão dos dados utilizados por Produto, garantindo que estão validados, organizados e disponibilizados em um local de fácil acesso. Além disso, contribui na análise dos dados gerando insights que ajudam na tomada de decisão do PM.

Como mencionado anteriormente, as responsabilidades de Product Ops variam de empresa para empresa. É preciso analisar internamente para entender o que mais consome tempo do time de produto e o que mais está dificultando escalar, para em seguida, definir as responsabilidades principais de ProdOps.

Key Takeaways:

  • O time de Product Operations é responsável pelas atividades operacionais do time de produto liberando tempo dos Product Managers (PMs) para que foquem nas necessidades do negócio.
  • As responsabilidades chave de ProdOps podem ser divididas em 7 principais áreas: Ferramentas, Metodologias e Processos; Dados; Comunicação entre times; Product Enablement; Experimentação; Onboarding e Treinamentos; Voz do Cliente.

Referências:

Quer se aprofundar mais em Product Management?

Nós criamos uma ementa consistente e reunimos os maiores nomes do país que falam e vivem o dia a dia do PM em empresas referência no mercado. Se você quer se tornar um(a) Product Manager muito mais preparado(a), acesse o nosso curso online de Product Management


Não importa onde você esteja, com este curso de produto online você vai sair um profissional pronto para encarar os desafios de ser A pessoa certa de produto para qualquer empresa. Conteúdo em português, com 17 profissionais referência mostrando como estão fazendo acontecer em empresas como iFoodNubankQuinto AndarCreditasBooking.comOLXGetninjasGrupo ZapAccentureAdobe entre outras.

Aproveite e confira já a ementa completa do curso e veja como ele se encaixa no seu momento atual de carreira.

Mais conteúdos para te ajudar a ser um(a) PM melhor:

Autoria de:

PM3 Lives 25

Newsletter Mensal

E-book Entrevistas PM

Você também pode gostar de ler

No-code para times de Produto

Sem tempo? Os principais pontos: – No-code é menos sobre codar ou não, mas sobre build (feature) vs buy (SaaS). – Categorizar hacks em: front