27 de abril de 2022

Product Designer: o que faz a pessoa de Design de Produto?

O trabalho de Product Designer vai muito além da proposta estética de um produto, envolve ter um olhar estratégico ao desenvolver uma solução, pensando em resolver problemas dos usuários. Ou seja, a importância desse profissional é muito maior do que se imagina.

Alguns dados sobre comportamento do consumidor e User Experience (UX) selecionados pela Truelist, por exemplo, mostram como os Product Designers são pessoas importantes para empresas que trabalham com produtos digitais. Mais do que isso, considerando que são negócios que visam investir em uma experiência completa (visual e funcional) ao lançar um novo produto, é preciso estar atento a insights como:

  • Uma boa interface de usuário pode aumentar as taxas de conversão de um site em mais de 200%;
  • Em média, apenas 1% das pessoas afirmam que os sites de ecommerce atingem suas expectativas;
  • 90% dos usuários deixam os sites por conta de um design ruim.

Considerando os aplicativos mobile, os números também indicam um futuro promissor para a área no Brasil. O país é o 1º no ranking que considera o tempo gasto pelos usuários nos apps, segundo levantamento da App Annie. Os brasileiros passam, em média, 5,4 horas por dia nos aplicativos. 

Neste artigo, você vai entender melhor como Product Designers atuam no time de Produto, quais são as principais responsabilidades e atribuições desse cargo, além das qualificações e habilidades mais importantes para exercer essa função. Também vamos mostrar a média salarial desses profissionais no Brasil e algumas possibilidades de carreira para quem quer se tornar Product Designer. Acompanhe!

O que é Product Design? 

Uma das maiores preocupações do Design de Produto é trabalhar soluções que resolvem problemas dos usuários.

Mas, para entender melhor o termo, vamos voltar um pouquinho no tempo. Talvez você já tenha ouvido falar na Bauhaus, considerada uma das mais importantes escolas de design moderno. Ela revolucionou o pensamento sobre arquitetura no século XX, valorizando a simplicidade e a funcionalidade dos objetos

Para produtos digitais, esses princípios se desdobram em focar no usuário final para desenvolver as soluções e entregar valor para as pessoas (mesmo antes de cobrar por isso), guiando o trabalho de Product Designers. 

Assim, Product Design tem um papel fundamental para a experiência dos usuários, que é justamente um dos elementos que definem o sucesso de um produto. A percepção de valor do cliente é moldada por essa experiência. Por isso, é preciso pensar tanto em entregar o básico bem feito para o usuário, como em criar features que funcionem como diferenciais do produto e aumentem esse valor, criando o chamado momento Wow

Além disso, esse aspecto impacta diretamente na competitividade da solução no mercado e no posicionamento do produto, já que faz parte do trabalho dos Products Designers também pensar em quais emoções se pretende provocar no usuário. 

Product Design e Design Thinking 

O Design Thinking é a base que rege a criação de experiências incríveis para os usuários e tem uma forte influência no processo de Product Design. Essa abordagem de resolução de problemas é centrada nas pessoas que vão utilizar o produto e, por isso, ela é tão eficiente.

Assim, o Design Thinking é uma metodologia que ajuda muito os Product Designers a encontrarem os principais problemas dos usuários, entenderem suas necessidades e proporem as melhores soluções para cada cenário, entregando uma experiência realmente relevante para as pessoas. 

Para desenvolver produtos, com o objetivo de focar nos usuários e entendê-los profundamente, Product Designers seguem as etapas do Design Thinking, que são:

  1. Imersão: é o momento de entender o contexto da empresa e o problema a ser resolvido. Para isso, é interessante identificar os pontos fortes e fracos, conversar com os usuários e stakeholders e investir no processo de Discovery.
  1. Ideação: nessa etapa, os Designers de Produto focam em ter ideias para solucionar os problemas encontrados na fase de imersão e costumam utilizar o brainstorming para deixar a criatividade fluir. 
  1. Prototipação: este é o momento de testar suas ideias anteriores, filtrar as melhores e criar protótipos, ou seja, versões iniciais da solução para avaliar a viabilidade e a eficiência do produto, além de validá-lo junto aos usuários. 
  1. Implementação: nessa etapa, é importante implementar melhorias no protótipo criado e colocar a versão oficial do produto no mercado. 

Product Design no time de Produto 

O trabalho de Product Designers tem uma função estratégica bem importante para o time de Produto.

Os designers precisam ter em mente que todas as etapas de desenvolvimento da solução devem se conectar ao roadmap de produto, que funciona como um guia sobre tudo que deve ser feito desde o início do processo de desenvolvimento da solução até depois do lançamento no mercado. Essa é uma poderosa ferramenta de comunicação estratégica que ajuda a alinhar o time de produto, incluindo os Product Designers, e a trazer direcionamento para todos os envolvidos.

Por isso, esses profissionais devem participar das reuniões de planejamento com Product Managers e contribuir para a construção de um roadmap que atenda as necessidades do usuário final. 

Além disso, em Product Design, é fundamental considerar tanto a jornada do usuário (o caminho percorrido pelos usuários desde o primeiro contato com a solução e que mostra como eles interagem com o produto), realizando validações constantes com o público final, como a perspectiva do produto (pensando no ciclo de vida do produto, ou seja, o tempo de permanência da solução no mercado  e no contexto de mercado), para criar soluções que resolvam os problemas dos clientes

No mapeamento e no planejamento da jornada do usuário, diversos frameworks podem ser utilizados pelos Designers e PMs, como:

  • Service Blueprint (uma ferramenta de gestão para mapear os processos da empresa e encontrar gargalos e pontos de melhoria);
  • Mapa da jornada do cliente (para mapear todos os pontos de contato com o cliente, seu nível de satisfação em cada momento e sentimentos durante a jornada);
  • Mapa hierárquico (para entender pensamentos, reações e comportamentos dos usuários).

Saiba mais sobre a relação entre Product Designers e Product Managers com a PM3 Lives #14:

Vale mencionar ainda que Product Designers também podem se sair muito bem como Product Managers, justamente por terem um olhar mais crítico no que tange o design e o usuário.

O que faz a pessoa Product Designer? 

Antes de mais nada, vale deixar claro que, dependendo da empresa, o cargo de Product Designer pode ter outros nomes. Algumas outras nomenclaturas comuns são:

  • Experience Designer (XD)
  • Arquitetos de Informações (IA)
  • Designer de Interface do Usuário (UI)
  • Designer de Experiência do Usuário (UX)
  • Arquitetos de Experiências (XA)

Além disso, algumas empresas podem buscar tanto por Product Designers – pensando em pessoas para criarem o produto – como buscar funções mais específicas no mercado, como UX/UI Designer e Service Designer.

Então, no momento de pesquisar uma vaga na área, você pode utilizar todos esses termos no campo de busca. Além disso, vale dar uma olhada na descrição dos cargos para ver se têm a ver com o que você procura no momento. 

Mas, em relação às atribuições comuns ao cargo, basicamente, a pessoa que é Product Designer fica responsável por supervisionar todo o processo de design (ou de otimização) do produto, de ponta a ponta.

Como vimos, quem trabalha com Design de Produto, precisa dominar as técnicas e estratégias de Design Thinking. Nesse sentido, Product Designers participam ativamente do planejamento das soluções para os usuários, contribuindo com ideias durante as sessões de brainstorming. Ademais, muitas vezes, esses profissionais fazem a ponte entre o interesse dos stakeholders, os designers, os engenheiros de software e o time de research

Da mesma forma, também é interessante que Product Designers tenham o domínio sobre o negócio e o mercado nos quais o produto se insere. Em outras palavras, essa pessoa deve entender os objetivos macro e micro da solução e da empresa como um todo. 

Qual o salário para Product Designer? 

Não há uma regra quando falamos do salário para a função de Product Designer, afinal, isso depende tanto do seu nível de senioridade como da empresa para a qual você trabalha. Mas, segundo o site Glassdoor, a média salarial para o cargo em abril de 2022 é de R$ 6.258/mês. Por outro lado, considerando o grau de experiência, o site aponta estes valores como média:

  • Júnior: R$ 4.351 /mês
  • Pleno: R$ 7.000 /mês
  • Sênior: R$ 10.072 /mês
  • Gerente: R$ 15.454 /mês
product designer salário

Se você tem dúvida sobre os salários em uma empresa específica e precisa fazer uma estimativa salarial para a entrevista, também pode utilizar o Glassdoor para fazer sua pesquisa

Quais são as habilidades essenciais em Design de Produto?

Para aumentar suas chances de sucesso na área de Design de Produto, é importante desenvolver tanto habilidades técnicas (hard skills), como comportamentais (soft skills). 

Isso porque Designers de Produto precisam gerenciar stakeholders, outros designers e demais profissionais de produto, reportar resultados para PMs e conversar com usuários. Portanto, é importante desenvolver a habilidade de comunicação.

Além disso, pensando no futuro da carreira como Product Designer, se você pretende assumir um cargo de gestão na área, é fundamental desenvolver um perfil de liderança para orientar as pessoas do time.

Em termos de habilidades técnicas, Product Designers bem capacitados devem ter conhecimento em UX, usabilidade, Design Thinking, prototipação, negócios, marketing e vendas.

Alguns livros e cursos podem ajudar você a desenvolver a parte técnica da profissão. Você pode começar por estas referências se quiser:  

Vagas em Product Design

No momento em que publicados este artigo, há mais de 2.000 resultados para a busca de “vagas para Product Designer” no LinkedIn, para atuar em empresas como Nubank, Neon, Medway, Hurb e Zé Delievery, para citar algumas. Entre as habilidades mais frequentemente listadas, estão:

  • Conhecimento de UI, UX e Research;
  • Entendimento da estratégia de produto;
  • Vivência na condução e acompanhamento de pesquisas com usuários, validação de hipóteses e análise de dados;
  • Experiência com design de interfaces web e mobile;
  • Habilidade de se comunicar com assertividade com pares, gestores e líderes.
product designer vagas

Quais são as possibilidades de carreira para Designer de Produto? 

Geralmente, Product Designers estão alocados na equipe de Produto, focados em entender o usuário final de uma solução específica. Mas também existem profissionais que atuam como freelancers, trabalhando por projeto.

Para decidir qual caminho seguir, avalie o seu perfil profissional, o que você quer no futuro e como prefere trabalhar. Se você quer trabalhar em equipe, tem a perspectiva de liderar e gerenciar pessoas e deseja construir algo a médio ou longo prazo, é interessante buscar vagas fixas nas empresas. 

Já se você prefere ter mais flexibilidade, enfrentar desafios diversos, ter contato com times de dinâmicas diferentes e trabalhar com várias empresas em um curto período de tempo, a carreira de freelancer pode ser uma boa opção para você.

Como já mencionamos antes, Product Designers podem também atuar como Product Managers, ou até mesmo optar por focar em Product Discovery, se especializando ainda mais nesse processo que hoje é visto com um diferencial no mercado de produtos digitais. O Curso de Product Discovery da PM3, por exemplo, tem um conteúdo diretamente voltado para PMs e Designers de Produto que buscam gerar resultados ainda melhores com soluções cada vez mais focadas nos usuários.

Vale a pena se tornar Product Designer? 

O mercado de produtos digitais não para de crescer. De acordo com o Software Products Global Market Report 2022, a previsão era a de que o mercado de produtos de software crescesse de US$ 1.141,43 bilhões em 2021 para US$ 1.307,59 bilhões em 2022, em uma taxa anual de crescimento de 14,6%. Para 2026, a perspectiva é a de que o mercado alcance US$ 2.157,19 bilhões. Além disso, vimos também que a média de remuneração é bem compatível com o nível de responsabilidade da função.

Sendo assim, as possibilidades de carreira na área de Product Designer são bem promissoras, já que a demanda está crescendo. Mas, para ter certeza de que vale a pena seguir por esse caminho, você deve avaliar o seu perfil e analisar se esse cargo faz sentido dentro dos seus interesses e daquilo que busca para sua carreira. Lembrando que uma pessoa Product Designer deve ter boa comunicação, entender do negócio e dominar as melhores práticas de UX.  

Você pode gostar também:

Autoria de:

Você também pode gostar de ler